Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Dia do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Comemorações

4 mai 2020

Serras de Aire e Candeeiros

​​​​​​Comemora-se a 4 de maio, o Dia do Par​que Natural das Serras de Aire e Candeeiros, criado pelo Decreto-Lei n.º 118/79, de 4 de maio.  

Estas serras destacam-se pelas suas importantes formações calcárias, primeira razão para a sua classificação como Parque Natural. 

​A ausência de cursos de água superficiais, traduz-se numa paisagem​​ de escarpas e afloramentos rochosos, onde a água corre através de uma intrincada rede subterrânea, com cavidades férteis em temas espeleológicos.
 
O coberto vegetal é marcado pela presença de pequenas manchas de carvalho cerquinho e azinheiras. A fauna inclui numerosas aves, nomeadamente a gralha-de-bico-vermelho, com hábitos de nidificação cavernícola e várias espécies de morcegos.
 
A presença humana é marcada desde o Paleolítico. A jazida da Pedreira do Galinha, na vertente oriental da serra de Aire (Jurássico Médio - 175 MA) contém a mais antiga e longa (147 m) pista de dinossáurios saurópodes até hoje conhecida no mundo.
  • Portugal
  • Biodiversidade e Ecossistemas
  • Geodiversidade
  • Geologia
  • Áreas protegidas
  • Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
  • ICNF
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image