Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Dia do Parque Natural do Tejo Internacional

Comemorações

​​​​​O dia do Parque Natural do Tejo Internacional (PNTI) celebra-se a 18 de agosto, criado como área protegida através do Decreto-Regulamentar n.º 9/2000, de 18 de agosto​. Esta área alberga uma enorme riqueza natural, destacando-se o conjunto das arribas do Tejo internacional, bem como espécies da flora e da fauna de inegável interesse. Destaca-se o elevado valor das linhas de água com comunidades vegetais ripícolas associadas e, no domínio da avifauna, espécies estritamente protegidas por convenções internacionais.

​O Parque Natural do Tejo Internacional alberga um importante cortejo faunístico, incluindo mais de duzentas espécies de vertebrados, estando onze consideradas “em perigo”, e treze “vulneráveis. Entre os mamíferos, destaca-se a presença da lontra Lutra lutra, do gato-bravo e do toirão. Relativamente às aves, ocorrem numerosas espécies com estatuto de “em perigo”, tais como a cegonha-preta, o abutre-preto e a águia-real. Regista-se a presença de alguns peixes com o estatuto de “raro” como a boga-de-boca-arqueada, e com o estatuto de “comercialmente ameaçado”, como a enguia Anguilla anguilla.

A Paisagem do Parque Natural do Tejo Internacional é constituída essencialmente por montado de azinho, sobro e misto, formações ripícolas (tamujais e salgueirais), estepe cerealífera, matagal mediterrânico (azinhais e zambujais), olival de encosta e povoamentos florestais (eucalipto, sobreiro e estevais).​


  • Evento
  • Rio Tejo
  • Parque Natural do Tejo Internacional
  • Portugal
  • ICNF
  • Biodiversidade e Ecossistemas
  • Áreas protegidas
  • Natureza
  • Paisagens
  • Rios
  • Ação climática
  • Água e ambiente marinho
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image